Mitos e Dicas em Eletricidade

* É perigoso tomar banho, usar ferro de passar ou falar ao telefone durante tempestades?

Sim!

Todo equipamento ligado à rede de energia elétrica ou à rede de telefonia pode virar um caminho para propagação de sobretensões originadas em raios.

Evite, durante as chuvas e tempestades, tomar banho com chuveiro elétrico ou utilizar nas mãos equipamentos que necessitam estar ligados na tomada.

Se necessário, utilize um telefone sem fio ou um celular.

Com a exceção das casas que possuem aquecimento de água central, como um aquecedor a gás, assim não há problema para tomar banho, a eletricidade não está em contato com a água perto de você.

* Fita isolante é tudo igual? Pode usar qualquer coisa no lugar?

Não.

Não se pode usar qualquer fita adesiva para recuperar a isolação elétrica de cabos, fios e emendas.

A fita isolante é produzida com um material próprio para a tarefa, com uma espessura mínima para garantir a isolação, com um adesivo que suporte o calor e toda feita em materiais não propagantes de chama.

Nunca use outra fita adesiva para fazer isolação elétrica que não seja a fita isolante.

Procure fitas de qualidade e evite as importadas sem qualificação, pois fitas não aprovadas podem se deteriorar com o tempo e provocar curtos-circuitos, além de também poderem iniciar incêndios.

* Uma instalação com rede trifásica economiza mais que monofásica ou bifásica?

Não.

A potência será sempre a mesma independente de quantas fases houver no circuito.

O que pode acontecer em sistemas de potência mais elevada é economizar nos cabos ao utilizar o sistema trifásico, pois as correntes serão divididas entre as três, diminuindo a corrente total nos cabos de alimentação.

Isso possibilita comprar cabos de bitola mais fina e, também, ajuda a reduzir uma pequena parcela de perdas nos cabos.

* Posso utilizar qualquer fio que eu tiver para ligar um aparelho elétrico?

Nunca!

Muitas pessoas utilizam fios de telefone, de rede de computadores, de abajures, ou qualquer tipo de cabo metálico com capa plástica como se fosse um cabo elétrico.

Esta ação é totalmente errada e muito perigosa!

Os fios e cabos elétricos possuem diâmetro certo para cada uso, desde os cabos de 1,5mm² para a iluminação, os de 2,5mm² para tomadas gerais. Mas também temos os cabos de 4mm², 6mm², 10mm², 16mm² etc. Quanto maior o diâmetro do cabo, mais corrente ele aguenta passar.

Segundo a norma ABNT 5410, é proibido utilizar qualquer outro condutor que não fio ou cabo elétrico para instalações e para a alimentação de equipamentos.

Um fio ou cabo elétrico foi projetado para ter uma isolação que suporte uma tensão elétrica maior que a de utilização, é capaz de suportar o aquecimento normal de uso sem problemas e também é não propagante de chama (antichama).

Os outros condutores não terão as mesmas características.

Um fio de telefone não é fabricado para suportar a mesma tensão dos sistemas elétricos, muito menos os cabos de computador e de rede. Também não são capazes de suportar a temperatura que chegam os cabos elétricos.

A má utilização desses elementos condutores é uma grande causa de acidentes e de incêndios, provocando a morte de pessoas e a perda de residências e edificações.

* Equipamentos em 220V gastam menos que 127V?

Errado.

O que manda nesse caso é a potência do equipamento, a energia gasta é uma relação da potência multiplicada pelo tempo que fica ligado.

Ou seja, independente da tensão, se os equipamentos possuírem a mesma potência e ficarem ligados o mesmo tempo, irão resultar no mesmo gasto na conta de energia elétrica.

A única coisa que muda é a corrente, para dois equipamentos de mesma potência a corrente ligado em 127V será muito maior que quando ligado em 220V.

Veja o exemplo abaixo:

Potência

Tensão

Corrente

Energia se ficar ligado por 8 horas

1200 W

127 V

1200 W / 127 V = 9,44 A

127 V x 9,44 A x 8 h = 9600 Wh = 9,6 kWh

1200 W

220 V

1200 W / 220 V = 5,45 A

220 V x 5,45 A x 8 h = 9600 Wh = 9,6 kWh

Como a corrente é maior em 127V, é necessário um cabo de bitola maior e o sistema possivelmente terá perdas levemente maiores.

* Chuveiro em 220V esquenta mais?

Errado.

Como na questão acima, o que manda é a potência, sempre.

Se forem de mesma potência, fabricante e modelo, tanto em 220V como em 127V vão esquentar igual.

* Tensão de 220V é mais perigosa que 127V?

Sim e não.

As duas são muito perigosas, as duas podem matar, 127V é tão perigoso quanto 220V.

Veja o artigo sobre IDR para descobrir como evitar choque elétricos.

Mas como 220V é uma tensão maior que 127V, a possibilidade de acidentes fica mais elevada e a probabilidade de serem piores também.

* Usar adaptador, benjamin e T’s (Tês) não tem problema?

Tem problema sim.

Esses adaptadores e multiplicadores de tomadas normalmente não são seguros e muitas vezes provocam sobrecarga e superaquecimento da tomada e da fiação.

Muitos curtos-circuitos e incêndios começaram nesses tipos de gambiarras.

Adaptadores, benjamins, Tês e multiplicadores de tomadas: Um risco para a sua casa!
Adaptadores, benjamins, Tês e multiplicadores de tomadas: Um risco para a sua casa!

* Superímã, garrafa de água etc. O que eu posso colocar no “relógio da luz” para diminuir a conta?

Nada disso funciona!

É somente o efeito psicológico de lembrar que colocou aquilo lá e começar a desligar as coisas que faz a conta diminuir.

Não existe jeito mágico para diminuir a conta.

O único que funciona é o “gato”, mas esse é crime, dá cadeia e uma grande multa.

Um método de melhorar como a energia é utilizada na sua casa e que pode baixar a conta um pouco é reformar a instalação elétrica e readequá-la às novas regras, às novas cargas e a nova condição da residência.

* É bom tirar os equipamentos da tomada quando não estiver usando?

Sim, sempre que possível!

Mesmo desligados, muitos equipamentos ainda ficam consumindo energia, são as chamadas “cargas vampiras”.

Uma luzinha acesa, um sistema que fica ligado esperando um comando, esperando o controle remoto etc. Tudo isso fica gastando energia que vira uma conta mais alta no final do mês.

Além disso, tirando da tomada você evita o envelhecimento dos componentes que ficam sempre ligados e também protege de qualquer problema que possa acontecer na rede elétrica, como um raio.

Muitas máquinas de lavar roupa queimam a chamada “placa de controle eletrônica” porque ficam o dia todo ligadas na tomada, mesmo quando não estão sendo utilizadas. O que aumenta muito a chance de receber algum problema da rede e também acelera o envelhecimento dos componentes.

* Madeira é um bom isolante elétrico?

Não!

A madeira possui micro-canais dentro de sua estrutura, por onde circulava a seiva. Esses micro-canais facilitam a absorção e retenção de água e sais minerais, o que pode provocar a condução de corrente elétrica sim.

A madeira bem seca é um mau condutor, mas não chega a ser um bom isolante.

Para altas tensões então, ela quase não é isolante, principalmente se estiver exposta ao tempo.

Cabo de vassoura, ripa, tábua, nada disso deve ser considerado como isolante elétrico.

* Disjuntor muito antigo, maior que o necessário, amarrado ou preso com prego pode?

Não!

Muito comum e uma grande causa de acidentes.

Todo equipamento possui uma vida útil, não é diferente com os disjuntores, depois de muitos anos ele não vai ser capaz de operar como deveria.

Dessa forma, utilizar uma capacidade muito superior ou limitar a atuação dele, faz com que ele perca a capacidade de proteger os circuitos elétricos, podendo provocar sobrecargas, superaquecimentos e iniciar um incêndio.

Quem nunca ouvi falar que o disjuntor do chuveiro caía muito e resolveram colocando um disjuntor maior?

Mas e a fiação? Se trocou só o disjuntor o fio não está preparado para suportar essa nova capacidade de corrente máxima.

Isso tudo pode provocar superaquecimento, curtos-circuitos e incêndios.

Mantenha a instalação elétrica da sua casa em dia para evitar sustos e acidentes.

* Está correto chamar de voltagem, amperagem e wattagem?

Não!

Os nomes corretos são:

Errado Correto
Voltagem Tensão
Amperagem Corrente ou Capacidade, dependendo do uso
Wattagem Potência

Jeito correto de escrever as unidades:

Errado Correto
v ou Volts V ou volts
a ou Ampere A ou ampère
w ou Watt W ou watt

Quando utiliza-se somente a letra da unidade, deve-se usar letras maiúsculas.
Quando utiliza-se o nome por extenso, deve-se utilizar tudo em letras minúsculas para não confundir com o sobrenome da pessoa.

Aprenda isso e muito mais no curso Técnico em Eletrotécnica do Instituto Federal do Rio Grande do Sul (IFRS) Campus Ibirubá.

Mais informações, artigos e dicas como essa:

Veja na aba “Artigos e Dicas” ou Clique Aqui!

Veja também:

Publicada a NBR 16384 – Recomendações e informações para segurança em eletricidade

Como Acabar com os Choques Elétricos e Salvar Vidas? IDR ou DR!

Importância do Aterramento: Pino e Fio Terra

Queima de Equipamentos por Raios? DPS! Conheça essa proteção muito necessária

Estabilizador de Tensão: Será que Realmente Protege?

Adicionar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *